Guppy Mikarif

mikarif02O guppy Mikarif foi inicialmente desenvolvido no Sri Lanka e também é conhecido como German Sunset ou simplesmente Sunset. Existem diversos tipos de Mikarif e esse tipo é  assim conhecido pelas nadadeiras vermelhas e amarelas. O guppy Mikarif possui a cor branco metálica nas laterais do guppy.  Como cor de corpo ele pode ser cinza ou ouro.

A linhagem mais comum de Mikarifs é a German Sunset. (com bordas vermelhas na caudal amarela)

O nome Mikarif é uma combinação do nome de 2 criadores que desenvolveram essa linhagem, sendo que um desses criadores foi o Michael (Mike) Cole.
Quando o Mikarif foi pela primeira vez mostrado numa exposição da IFGA, ele ficou também conhecido como guppy “Yellow Tang" , nome esse dado pelo criador americano Frank Orteca in 1995.

Os guppies Mikarifs tem um revestimento branco metálico nas laterais do corpo. Quando misturados com pigmento amarelo o padrão de revestimento aparece como amarelo. O branco metálico tem uma aparência muito pura de cor.  Frequentemente você verá Mikarifs amarelo metal que são geneticamente ouro(gold). Uma das características do Mikarif são os raios grossos nas nadadeiras. Eles geralmente mantêm suas nadadeiras caudais amplamente abertas. As dorsais geralmente não são muito desenvolvidas, entretanto nos últimos anos tem melhorado bastante, sendo que um americano conseguiu recentemente ganhar o campeonato da IFGA na classe amarela com um Mikarif.

O Mikarif é conhecido por ser uma linhagem de vida longa, e de ter corpos grandes e geralmente é forte e fértil. A experiência que eu tenho com essa linhagem é que é de crescimento lento.

Muitos criadores afirmam que o gene Mikarif está localizado no cromossoma X . Outros criadores afirmam que esse gene é autosomal.
É possível que o gene que dá ao corpo a sua aparência de metálico seja o gene metal do guppy German Stoerzbach.

O criador Harro Hieronimus afirma o seguinte sobre os Mikarif: “Eu consegui bons conhecimentos sobre o Mikarif, que é uma combinação genética do filigranado  e o gene autosomal metal do Stoerzbach. Para se ter linhagem pura, ambos pais devem ser homozigotos para o fator Stoerzbach. Esse é o principal problema na criação e você constantemente vai ter de volta os filigranados. Estranhamente esse fator impede o crescimento do tamanho da nadadeira caudal.”

Filigranado é uma antiga palavra para designar os snakeskins. Aparentemente o gene snakeskin (cobra na Ásia) deve estar presente para o branco metálico brilhante aparecer. Isso coloca essa linhagem firmemente no mesmo campo da genética de barras do snakeskin.

O criador alemão Gernot Kaden da cidade de Dresden,  colocou uma nova teoria sobre o Mikarif, ou seja:  É possivel que o Mikarif seja uma combinação do gene metal recessivo autosomal Stoerzbach (ss) em combinação com o gene de snakeskin no cromossoma y e x ao mesmo tempo.

Isso representa que o Mikarif tem a seguinte combinação genética:

  • machos ( y-snake , x-snake e autosomal ss),
  • fêmeas  ( x-snake,  x-snake e autosomal ss)

Essa pode ser a resposta pela qual  em todos os cruzamentos com outras linhagens sempre aparecem snakeskins na F1 e os Mikarif somente aparecem na geração F2.

Aparentemente muitos criadores japoneses não consideram que o guppy Mikarif tenha um gene único para a sua linhagem, mas sim um gene encontrado num grande número de linhagens. O gene  Mikarif é o "solido"(ss), gene encontrado em muitas linhagens japonesas. Ele é autosomal. O "solido" gene é de fato um gene metal. O "solido" gene japonês não é o que o nome parece significar, ou seja, um guppy monocromático. Mais do que a palavra "solido",  ele significa "brilhante" para os criadores japoneses.

O conhecido criador japonês Masaharu Shindo usou o Mikarif para criar o guppy Full Gold japonês. O guppy German Gold  teve origem no Japão e é relacionado com o Full Gold japonês. O guppy Stoerzbach importado do Japão retrocede (volta) para "German Gold."

O autor do livro Aqua-Farm Japan chama o gene do Mikarif  de gene "material" (mm).  Porém o criador Bruce de Taiwan informou que a palavra original era provavelmente "metálico" na tradução do inglês para o japonês  , e outra vez para o chinês,  metálico se tornou material.

O autor do livro Aqua-Farm diz que esse gene é recessivo autosomal  que tem a peculiaridade de mostrar cores metálicas no macho, mas não na fêmea.  Ele diz ainda que o platinum pode ser uma mutação do gene metálico, ou vice versa. O autor afirma que a linhagem Full Gold japonesa tem o mesmo gene metálico da linhagem  Mikarif.

O Mikarif pode ser usado para criar linhagens amarelas ou para adicionar amarelo a essas linhagens como ao Moscow Ouro.

Claus Osche sugere ainda cruzar o Mikarif com o Verde padrão delta de cauda. Na geração F1  você terá 100% de machos Snakeskins com cauda verde matizada.
Já o criador americano Luke Roebuck afirma que o HB Yellow de corpo ouro, é muito bom para se fazer cruzamentos com o Mikarif.

Quando escolher fêmeas de Mikarif para cruzamento, escolha as de amarelo mais intenso, pois essas produzirão os machos mais amarelos. Já as fêmeas mais pálidas(descoloridas) produzirão machos pálidos.

No momento eu cruzei um macho Mikarif com uma fêmea Gold Red e o resultado foram machos snakeskins, alguns ligeiramente vermelhos nas nadadeiras, como citado anteriormente nesse artigo, portanto para mim, por experiência está comprovado esse fato.

Fonte: Philip Shaddock - www.guppyinfo.com