Guppy Snake Skin - Cobra

01_guppysnakeskin
Red German Snakeskins criados por Herman Magoschitz e distribuidos por Luke Roebuck.
Esta é uma nova linhagem criada pelo cruzamento entre fêmeas de Moscow Red Metal Lace
e machos Yellow Lace Snakeskins. Foto feita por Luke Roebuck.

02_guppysnakeskin
Esse Lace Snakeskin criado por Jim Heller shows mostra quão longe os Snakeskins
estão em relação às ultimas décadas. O padrão Lace é apurado.

Descrição

Há várias versões sobre a origem dos guppies Snakeskins. Porém, o padrão filigranado no corpo pode ter sido desenvolvido e melhorado de pequenos padrões existentes em guppies selvagens. que os primeiros cientistas atribuíram ao que eles chamaram de " gene de filigrana".

Cobra é um termo atualmente confuso porque os asiáticos usam freqüentemente esse termo para descrever o que o resto do mundial conhece como snakeskins. Aqui no Brasil muitos ainda o conhecem somente como Cobra. Nos Estados Unidos o termo Cobra foi usado oficialmente apenas uma vez para descrever certo tipo de snakeskins, que eram os snakeskins com barras verticais no pendunculo caudal. Atualmente não está mais em uso o termo Cobra, assim como a IFGA eliminou os "antigos" cobras com barras verticais dos seus padrões de julgamento e como merecedores de destaque para o padrão snakeskin.

Geralmente o termo snakeskin se refere às marcas no corpo. Um modificador é usado para descrever snakeskins que não tem barbatanas de snakeskin, por exemplo o snakeskin matizado ou o snakeskin sólido. O termo Lace refere-se a um padrão melhor no corpo. Eu tenho convicção que o  padrão Lace é X-linkado (ao contrário dos snakeskins normais que são Y-linkados) assim pode haver uma diferença genética entre Lace e o snakeskin comum.

O Lace Snakeskin do criador Jim Heller mostra como ficou distante do snakeskin comum nas últimas décadas. O padrão Lace é primoroso. Depois de ver um guppy assim não temos qualquer dúvida que os guppies são o coroamento de um século de genética de peixe.

O snakeskin foi descrito em primeiro ligar pelo Dr. Michael Dzwillo em 1959 que chamou o gene de filigrana"  (lace). Ele era X-linkado. Dzwillo provavelmente adquiriu o guppy do criador alemão Dr. Eduard Schmidt Focke nos anos cinqüenta.

Harald Auer no seu site da web Laboratório de linhagens de Guppies mostra uma foto de uma linhagem muito antiga, chamade de Filigrana (XYFil).

03_guppysnakeskin
Filigranado antigo de Laboratório

04_guppysnakeskin

 

Outra foto de uma linhagem antiga filigranada do laboratório de "Juergens quaristik and eddy lot side." Note o padrão de snake na cauda.Será que o padrão de snake do corpo era originalmente um padrão de caudal? Schmidt-Focke acha que o padrão half-black se propaga da caudal.

Lá tem várias versões sobre a origem dos guppies Snakeskin. Porém o padrão de filigrana no corpo pode ter sido desenvolvido e pode ter sido aumentado de padrões minúsculos de guppies selvagem que os cientistas já anteriormente atribuíram ao que eles chamaram de " genes de filigrana ".

A barbatana caudal e o pedunculo caudal são cobertos com uma rede  branca, ouro e preto. Há algumas manchas pretas e vermelhas no corpo. A barbatana caudal mostra uma pequena espada superior . Harald comenta: " Esta linhagem descende de uma linhagem de guppy Filigranado do Dr. E. Schmidt (Frankfurt).

Dzwillo (1959) estabeleceu o Laboratório de Linhagens e cruzou com o  gene dominante X-cromossomal  "Nigrocaudatus ".  Isto conduziu a uma cor preta profunda na barbatana caudal e no pedunculo caudal de ambos os sexos, escondendo assim o padrão  filigranado. Este gene Nigrocaudatus se perdeu desde então nesta linhagem, e hoje é novamente puro filigranado. Ele está assim descrevendo o padrão HAlf-Black (Tuxedo asiático). É interessante saber que o padrão snakeskin foi usado para criar uma cor preta profunda.

Mike Reed em maio de 1965 numa reportagem na Tropical Fish Hobbyist (TFH pág. 69) nomeou esse guppy como guppy "King Cobra" para o Mac Guppy Hatchery na Cidade de Long Island, Nova Iorque. (Cobra é o nome original para o snakeskin). De acordo com o artigo, a linhagem começou com um macho tres quartos preto com " marcas incomuns ". Foi importado por Paul Hähnel e dado ao Sr. Reitz. Ele trabalhou com isto durante algum tempo e então passou para o Mac Guppy Hatchery. De acordo com a esposa do dono de Mac Guppy Hatchery, Paula Kalichstein, o guppy foi chamado de King Cobra tendo marcas de snake. Aparentemente 55 aquarios foram dedicados ao projeto por mais de 18 meses.
Este é um retrato do King Cobra Mac Guppy Hatchery.

05_guppysnakeskin
Este é do "Guppies in Color" por Herbert Axelrod 1967

06_guppysnakeskin
Guppy Leopardo, conhecido hoje como snakeskin

O guppy acima é chamado um guppy " Lace " espada superior. A legenda diz, referindo-se ao criador Eduard Schmidt, " Acredita-se que seus peixes se tornaram a base para o King Cobra e o guppy Lace inglês. A mesma foto aparece no " All About Guppies" por Paul Hähnel, datado de 1964. O comentário de Hähnel é: "Um macho da linhagem alemã de Guppies Leopardo , semelhante em alguns aspectos ao Lacetail Guppy. Fotografia por Dr. Eduard Schmidt ".

Na realidade, nós sabemos que o guppy snakeskin que o Dr. Schmidt Focke criou vieram do C.W. Phillips no meio dos anos1950 porque há um artigo feito por Dr. Schmidt Focke em julho de 1964 na revista Tropical Fish Hobbyist que declara que a " linhagem do Leopardo veio do Sr. Phillips de Londres ". A foto no artigo que o Dr. Schmidt Focke usa para mostrar o guppy Leopardo se parece com a foto anterior.
Há evidência que a linhagem possa ter tido a mesma origem anterior. Carol Friswold no livro " Enjoy Your Fancy Guppies, " publicado em 1986, descreve guppies que ela comprou em 1933 do famoso criador William Sternke (quem se aposentou na Flórida). A Sra. Friswold descreve este guppies como " coloração predominantemente vermelha e laranja, com simples ou dupla espada e fortes marcas.

Luke Roebuck mostrou uma foto de um guppy Lace Inglês de uma edição anterior do livro "All About Guppies."

07_guppysnakeskin


Linhagens como a Galaxie possuem genes cobra (snakeskin) , e algumas linhagens, como o Micarif, têm um padrão de snakeskin escondido, com o gene no cromossoma Y do macho.

O padrão Snakeskin pode ser bastante grosso ou finamente moldado. O Cobra com barras verticais em alguns Snakeskins especificamente estiveram fora dos padrões regulamentados pela IFGA, que prefere o padrão fino, rosetado (a.k.a. ligação em cadeia) em cima de pelo menos 60% do corpo. Normalmente esses padrões mais finos e delicados são chamados de Lace Snakeskins. (guppies com barras de Cobra normalmente entram na categoria IFGA AOC categoria Bicolor.). Os japoneses normalmente pensam no padrão de roseta como " pontos " conectados e podem ou não podem considerar as barras zebrinus um defeito.

A cor de fundo para o padrão Snakeskin pode ser várias cores, com verde metálico ou azul metálico , que é o mais comum.

 

08_guppysnakeskin

Snakeskin Cauda Redonda.
Cortesia de Ömer Gülmez

 

09_guppysnakeskin

Snakeskin Vermelho Cauda Espada.
Cortesia de Ömer Gülmez

Genética

O padrão do corpo de Snakeskin é verdadeiramente sem igual e como a maioria dos padrões que podem regredir de todos os modos para o guppy selvagem, é bastante dominante sobre a maioria dos outros padrões de corpo. O padrão normalmente está localizado no cromossoma Y, embora seja menos comum no X.

A caudal está sob a influência de outro gene, o gene de caudal de snakeskin. Isto significa que você pode ter uma variedade de padrões de caudal para um guppy snakeskin.

Midge Hill na série escrita por ela (Breeding the Snakeskins, Vol. 5 pág. 69 Extratcs) diz que o cruzamento do snake com outras linhagens tende a aumentar as manchas na caudal do snakeskin, tornando a limpeza da caudal no cruzamento da linhagem um fator importante ase considerar. Isto especialmente acontece em cruzamentos de amarelos e vermelhos.  Midge Hills diz ainda que cruzamentos de snakes com amarelos produz descendência com caudais preto brilhante e amarelas.

Noboru Iwasaki no seu livro sobre guppies: "Fancy Strains and How to Produce Them" sugere que as fêmeas de Cobra sejam cruzadas com machos das linhagens Mosaico ou Leopardo para restabelecer o tamanho de corpo a fêmeas destes tipos.

Iwasaki diz sobre criação de snakeskins: " É preferível não usar um macho com cor-de-rosa ou coloração vermelha no pedunculo. O padrão de Cobra deve ser claro e distinto no pedunculo e não deve ter o padrão de banda ou zebrino. O padrão Cobra é dominante. Escolha fêmeas com caudal transparente e arredondada. No caso de Cobras Mosaicos, você deve fazer outcross de machos de Cobra Mosaico com fêmeas de Mosaico. A fêmea ideal de King Cobra tem caudal arredondada com manchas grandes e pontos ". Iwasaki considera fêmeas com caudais completamente pretas como indesejáveis. Lace Cobra deve ter um padrão lace na caudal. Fêmeas de Cobra Mosaico são quase indistinguíveis das fêmeas de Mosaico.

10_guppysnakeskin
Red Snakeskin. outro guppy do Ömer.
Note o muito desejável padrão fino do lace.

11_guppysnakeskin
Esse é um Snakeskin Matizado.(variegated)

O guppy  Half Black AOC (IFGA) e o asiático Dragon Head (Cabeça de Dragão) ou Leopardo têm genes de Snakeskin. O padrão Half Black obscurece o padrão de Snakeskin,  deixando o padrão de Snakeskin influenciar a parte dianteira do corpo. Snakeskins e  HB AOCs fazem bons cruzamentos.

A femea de Snakeskin , quando ela não estiver carregando o gene de Snakeskin, é usada por criadores como um tipo de " fêmea neutra " por melhorar características em linhas completamente sem relação.

Reciprocamente, o macho Y-linkado é freqüentemente usado em fêmeas puras de cor sólida de outras linhagens por gerações consecutivas. (Quando o gene é carregado no cromossoma X este método trabalha ao contrário). Isto faz do snakeskin uma linha excelente para uma criação compacta. Você não precisa manter fêmeas de snakeskin! (Ou machos de snakeskin no caso de linhagens X-linkadas).  Alguns criadores criam constantemente uma variedade de fêmeas de linhagem puras.
Jack Rosengarten informou que fêmeas com caudais limpas são as melhores reprodutoras.

Snakeskins são usados para melhorar as manchas e padrões matizados em bicolor ou linhagens  de multicolor.

Fonte: Philip Shaddock
Traduzido por Carlos Beserra