Como iniciar uma criação

O objetivo desse artigo é orientar os que pretendem iniciar uma criação de guppies de qualidade. Os métodos descritos abaixo podem variar de acordo com as aspirações de cada criador em particular, sendo apenas orientativas as idéias descritas, pois o guppy é um tipo de peixe de fácil adaptação ao trato e manejo, mas resultados melhores serão obtidos se observadas as condições de limpeza e alimentação, para os quais existem diversas literaturas a respeito.

A maioria dos iniciantes na criação de guppies geralmente não se preocupa em conhecer com detalhes as características dos peixes que está adquirindo para iniciar uma criação..

Quase sempre compra-os sem perguntar sua origem, limitando-se a escolher os mais bonitos visualmente para êle, mas que em relação aos padrões mundiais de qualidade para exposição, pode não ser a ideal. Ainda me lembro que, quando comecei a criar guppies, sem nada entender sobre êles, escolhi numa loja um lindo peixe com deformação na coluna vertebral, achando que estava adquirindo um excelente reprodutor. Não preciso dizer as consequencias dessa escolha.. Com certeza, com raras exceções, a grande maioria de iniciantes nunca viu realmente bons guppies antes de escolher seus peixes.

Nenhuma pergunta é feita ao lojista sobre a linhagem, pois também esse não a conhece. Qual a idade do peixe não entra nem em cogitação e nem mesmo tira-se a duvida sobre a fertilidade do casal a ser adquirido.

Outra espécie de iniciante é aquele que adquire um belo macho de uma linhagem de peixes vermelhos e o cruza com uma bonita fêmea de uma linhagem totalmente diferente.

Adotando essa postura, quando os filhotes nascem e crescem a decepção é enorme, pois desejava guppies de cauda vermelha e os descendentes saem completamente diferentes do reprodutor, desestimulando grande parte de possíveis criadores de sucesso.

Mas qual será o caminho certo?

O processo correto é procurar um criador experimentado e conhecido, que lhe possa fornecer os dados completos sobre os peixes que comprar. Esta providencia lhe dará uma certeza que seus peixes produzirão bons e uniformes descendentes.

Obtenha como compromisso de compra do criador a segurança de que as fêmeas e machos adquiridos são da mesma linhagem, e que aquelas não tenham sido fecundadas por machos de linhagens diferentes, o que poderia arruinar toda sua programação.

Quando adquirir fêmeas virgens, procure saber qual a sua idade, que deverá ser menor que 5 meses. Os machos adquiridos de preferencia deverão já ter descendentes, o que provará a sua fertilidade. Se o criador procurado for conhecedor  de seus peixes e estiver realmente interessado em divulgar a criação de suas linhagens, não deverá criar problema para dar essas informações e garantias.

Se for sua intenção desenvolver uma criação de guppies, nunca adquira somente 1 casal. Pelo menos dois machos e 4 fêmeas, para evitar-se que, por uma infelicidade ou doença venha a aparecer uma esterilidade que impeça o cruzamento. Com mais de 1 casal o seu trabalho terá bem mais possibilidade de sucesso.

O ideal será adquirir um grupo de 9 peixes, consistindo de 3 machos e 6 fêmeas, o qual poderá será colocado em 1 aquário de 20 a 30 litros.

Há algumas razões para que se proceda assim. Uma delas é que  torna-se mais fácil alimentar corretamente 9 peixes do que apenas 1 casal.

Quando notar que as fêmeas estão prontas para o nascimento dos alevinos, separe-as em aquários previamente preparados e com algum tipo de proteção para que a mesma não devore os alevinos por ocasião do nascimento.

Observe cuidadosamente que as condições da água, temperatura, PH, etc,, sejam idênticas ao do aquário de cruzamento, pois uma mudança brusca dessas condições poderá prejudicar a fêmea e seus filhotes em geração.

Você deverá colocar uma fêmea em cada aquário com aproximadamente 20 litros cada.

Marque esses 6 aquários com as letras A, B, C , D,  E e F.

Nos primeiros dias após nascerem os filhotes, cuide de bem alimenta-los(artemia), mantendo-os nos aquários que nascem até 1 a 2 meses de idade. Separe então os filhotes por sexo, colocando machos e fêmeas em aquários separados, preparados com antecedência e cujas condições sejam idênticas aquelas dos aquários em que viviam os filhotes. Etiquete esses aquários com as letras A-1, B-1, etc...para os machos e A-2, B-2, etc,, para as fêmeas e assim por diante, para cada um dos 6 aquários de nascimento.

A identificação por sexo pode ser facilmente feita com a idade de 1 mes, caso já possua o criador certa experiência.(com experiencia, essa separação pode ser feita até com 1 dia de vida).  Entretanto como este artigo é para iniciantes na criação do guppy, a separação pode ser feita um pouco mais tarde(até 2 meses), para dar ao criador maior segurança na identificação.

Um dos problemas que surgirão nesse ponto é o numero de aquários que precisam ser usados no desenvolvimento da linhagem.

Se iniciarmos com somente 1 grupo de 9 peixes, no qual se usou 6 fêmeas, quando da separação dos filhotes o criador já estará utilizando 13 aquários, e o que nem sempre esta dentro das possibilidades de espaço e financeira. É entretanto um obstáculo que deverá ser superado se pretendermos criar campeões.

Ao atingirem seus peixes a idade de 4 meses, poderá se começar a pensar na próxima geração de reprodutores, procurando ver em qual dos 6 aquários que contem machos, os filhotes que possuem o corpo melhor desenvolvido e entre eles selecionará os 3 maiores. Se aqueles filhotes são descendentes de machos de largas nadadeiras caudais e dorsais longas, e possui com pouca idade largo corpo, podemos esperar que o seu desenvolvimento futuro seja muito bom.

Selecione também as 6 maiores fêmeas do aquário onde escolheu os machos, pois estas serão suas futuras reprodutoras. Dos 5 aquários restantes, escolha os 3 que contem os melhores peixes e selecione o melhor macho e duas das melhores fêmeas que encontrar em cada um. Estes serão separados e colocados juntos em 1 aquário para fazer-se uma nova linha dentro da mesma linhagem.

É uma medida de precaução que se deve usar , para evitar-se que um imprevisto destrua toda a sua linhagem.

Esse procedimento também será útil após 4 a 5 gerações, em que será necessário o cruzamento entre os melhores peixes de cada linhagem, para um revigoramento gênico.

Repetindo o processo inicial para segunda, terceira, quarta, etc.. gerações, estabeleceremos uma linhagem onde todos os filhotes serão semelhantes a seus pais e cujas características desejadas se manterão por longo tempo.

Um fator é primordial numa seleção bem sucedida de guppies. Cada nova geração deverá apresentar melhores peixes que a anterior. Caso isso não aconteça revigore ou abandone essa linhagem e inicie outra.

Lembre-se , entretanto, que não só uma seleção bem feita resolverá  o problema de ter belos guppies.

Equipamento limitado, em numero e tamanho, pobres condições da água em que os peixes se desenvolverão, alimentação deficiente, tudo isso, será fator negativo se não for levado em conta, podendo arruinar todo um programa de seleção cuidadosa.

Cuidados suplementares como a mudança de filtros de 15 em 15 dias, e a troca de água 2 vezes por semana (50% para peixes novos e 10% para peixes adultos) por água nova e descansada (isenta de cloro) produz um excelente resultado, sendo excelentes auxiliares na manutenção das boas condições dos aquários.

Fonte: Carlos Beserra