Larva de mosquito

Utilização:

A maioria dos peixes adultos de espécies pequenas adora-as. Desde que os peixes sejam maiores que as larvas, irão comê-las. As larvas aquáticas de insetos voadores são o ingrediente principal da dieta de muitos pequenos peixes na natureza.

Criação:

Muito simples: Colocar um balde destapado ou outro recipiente grande no exterior. Lance pequenas quantidades de leite em pó ou um saco de nylon com pedaços de ervas para preparar a água e estimular o crescimento de infusórios, fonte de alimentação dos mosquitos. A água verde também funcionará bem. Algumas pessoas até usam esterco! Duas a três semanas depois haverá larvas na água.

Outro meio de cultura é usar um piscina de criança com uma pequena quantidade de ervas cortadas (sem herbicidas, por favor) para encorajar a água a ficar estagnada. Então espera-se que os mosquitos se reproduzam aí. Após um par de semanas grande número de larvas poderão ser apanhadas com uma rede de peixes. Neste tipo de “cultura natural” deve-se apanhar as larvas furtivamente dado que elas mergulham para o fundo quando detectam movimento.

Outros métodos incluem encher um balde de água de lago de jardim (a água da torneira demora muito a ficar velha!) e adicionar então uma chávena ou duas de solo, permitindo que assente durante alguns dias. Assim que as larvas começarem a aparecer pode-se usar uma grande rede de aquário passando a água de um balde para o outro e assim apanhando as larvas de mosquito que estiverem presentes.

O maior problema com estas técnicas é que os vizinhos podem não gostar da criação de mosquitos. Porém, providenciando para que todas as larvas possam ser capturadas antes de se transformarem em mosquito, um otimista poderia ver aí uma oportunidade de controlar a população de mosquitos, dado que os mosquitos já não se reproduziriam num charco algures onde o controlo seria perdido.

Outro problema é que se se fornece demasiadas larvas e os peixes não as comerem pode existir um aumento significativo da população de mosquitos na sua casa, dado que as larvas se transformarão em mosquitos.

Espere que esses pequenos vampiros descubram o recipiente mal cheiroso da sopa de bactérias (=cultura) ou vá procurar ovos de mosquito num charco próximo. Parecem pequenas jangadas de ovos, colados uns aos outros.